Páginas

segunda-feira, maio 23, 2016

Fragmentos do estado de exceção


- Folha: "Em diálogos gravados, Jucá fala em pacto para deter avanço da Lava Jato" Aparece agora claramente o complô para impedir o combate à corrupção. A presidenta foi afastada porque uma elite econômica - bancos, meios de comunicação, latifundiários, indústria, etc - discorda de sua condução econômica. Setores do Congresso (os perdedores do PSDB, os eternos oportunistas do PMDB), a mídia anticomunista, a classe média desprovida de consciência social, foram se unindo numa realidade paralela que sustenta a ilegalidade. O sistema jurídico, de todos, parece o mais perigosamente corrompido. Nos EUA, por exemplo, tem-se ainda a impressão de que é impossível acobertar completamente um crime ou privilegiar esse ou aquele grupo, com tudo que se possa dizer sobre esse sistema eleito pelo dinheiro. Como é que parcelas de fascismo se unem em um sistema que nega o contraditório? Tem a ver com a desigualdade que não permite acesso ao sistema jurídico e a voz na imprensa? Como uma racionalidade petrificada e perversa se fixa para bloquear o significado emocional-real de qualquer fato? A reiteração do discurso de ódio dessas partes da máquina e a ausência de debate fixa a norma que impede a dúvida. 

- O fato de nossa mídia não ter se democratizado (aliado ao fato de pouca igualdade gerar bolhas sem debate) resulta em que nossa classe média não se democratizou: aceita o neoconservadorismo com facilidade, com todo seu medo de mudanças que entende pouco e todo seu bom coração, ódio à corrupção, desejo de mudança e amor à família. Como nossos advogados, jornalistas, engenheiros, administradores, juízes são tão à direita? 

- Um amigo oferece convites para a estreia de sua peça. Não tenho tempo de pedir e penso que posso comprar. Não posso. Tudo é VIP. Está ficando comum eventos "só para convidados", mesmo quando anunciados publicamente e com fila. Temos de fazer uma profunda reflexão se Temer não é um espelho da postura antidemocrática no fundo do nosso coraçãozinho brasileiro. Colabora para isso a publicidade estabelecendo padrões: lembro da moça que chamou os gordos de "doentes"... Não podemos aceitar a doutrinação sobre a desigualdade "natural". A sociedade alimenta.Quantos miseráveis, famintos, pessoas sem sapatos, sujas, pela rua. É a máxima conservadora: "Liberdade gera desigualdade". Uma bobagem. Oportunidade gera riqueza. Há esperança. 

- Nos EUA existe essa expressão interessante: "neocons", que aqui se poderia aplicar a gente como Pondé, Olavo de Carvalho, Rodrigo Constantino, Marco Antonio Villa, mas também Danilo Gentili, que chamou a senadora do Piauí de "tia do café". É preciso ter uma narrativa que justifique o retrocesso em direitos, a doutrinação ideológica para preparar o golpe, acalmar, nutrir constantemente a raiva contra o estado de coisas para os partidos de esquerda. As ideias mais radicais não são as bolsonazistas, mas aquelas que convencem que "o rombo do social foi enorme", "privatização é ótimo", ou outro desses tecnicismos economicistas. 

A surpresa (?) é que boa parte do que se escreve vai nessa linha. Na era stalinista, se dizia que havia uma narrativa tão desfocada do real, que as pessoas viviam um constante conflito entre a sua realidade e a doutrinação. Feio para nosso "mundo livre" com monopólios de fala. 

- Golpe desmoralizado, manchetes criminalizadora. "José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, acaba de ser condenado a 23 anos de detenção pelo juiz Sérgio Moro." A insegurança jurídica advinda da parcialidade do juiz. Talvez ele seja mesmo "o maior criminoso da história do Brasil". Mas a parcialidade da Justiça brasileira é notória... Privataria tucana mofando nos arquivos. - Supremo absolve ex-presidente Collor por falta de provas - ""É preciso certeza, não basta probabilidade", afirmou a relatora, que também fez críticas ao trabalho da acusação. "Não é um primor de denúncia, na minha opinião."

- Henrique Meirelles: "O governo mudou, assim como a disposição do Congresso..." 
O fato de o governo usurpador e o Congresso oligárquico concordarem não significa avanço... graças ao bloqueio comunicativo da mídia, toda conquista social será culpada. Lembrar que a paralisia do Congresso aprofundou a crise. 

- "Tem mesmo que cortar Minha Casa, tem muito desvio". São 6 milhões de pessoas sem casa. Isso mostra como o discurso proto-fascista "antipobre" (são exploradores) penetrou a sociedade porque só os privilegiados têm voz. Constroe-se o pânico do "terror cubano" - Segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Cuba é o único país da América Latina que se encontra entre as dez primeiras nações do mundo com o melhor Índice de Desenvolvimento Humano em expectativa de vida e educação durante a última década.

- Memória do Abismo - "Novo líder do Governo expõe Temer como refém de Cunha e do 'baixo clero' da Câmara" (EL PAÍS Brasil - 19/05/16) 
"... Cunha diz que vai retaliar o governo com ações que podem pôr em risco a governabilidade – e até levar ao impeachment – da presidenta Dilma Rousseff." (15/06/15)

Katarina Peixoto - UFRGS - "As elites rentistas e a classe média por eles arregimentada não teriam avançado esse golpe sem a adesão criacionista e sem a cultura jusnaturalista militante, no judiciário e nos parquets. Enquanto o PT, dado o seu caráter pragmático, negociou com estruturas parlamentares fisiológicas e politicamente irrelevantes, do criacionismo neopentecostal, o governo usurpador os convocou para o centro de decisão do golpe."

- "Nos últimos anos, porém, os meios de comunicação de massa incorporaram tantos conservadores que eles passaram a dar o tom geral do jornalismo de opinião. Dentro e fora da imprensa, todo debate político hoje é dominado por um discurso de ódio que coloca temas morais como o combate à homossexualidade e o endurecimento penal em primeiro plano e subordina as questões econômicas e sociais a essa visão de mundo punitiva... Na aurora da Nova República, Antonio Candido podia dizer que o avanço político da classe trabalhadora tinha civilizado e moderado o discurso conservador. Vinte e cinco anos depois parece que o oposto aconteceu. Como essa transformação foi possível em tão curto espaço de tempo?"
http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/04/a-ascensao-do-conservadorismo-no-brasil.html

- "O Estado de Direito cede ao 'estado de juristas', cuja realidade é moldada por convicções ideológicas deturpadas e panfletárias. Acreditam que todo sócio, diretor ou executivo das empreiteiras fazem parte de uma organização criminosa", acusou a defesa de Antunes Sobrinho, em memorial. 
http://www.conjur.com.br/2016-mai-18/quatro-acusados-lava-jato-sao-absolvidos-falta-provas

Nenhum comentário: