Páginas

segunda-feira, dezembro 15, 2014

Versos à mais

Cadê o certo que tava aqui?
Estar aberto que o mundo anda
canta cada coisa cada começo
nem tem tanto à ver saber estar desperto
é mais espero e olhar direito
com mais coragem a coisa da
malandragem que tudo se faz do tempo
e sem perfeito tudo é 
do momento
sangue novo se mistura
membrana rompida sem margem
fruta mais crua 
e eu e nós somos fora, mais além 
conceito vem conceito vai 
o dia cobra o dia cospe
o cimento se desfaz
pilares foram ao chão
transição transborda
é a vida pega no ar
a gente fica e quer mais 
quem carimba sim e não
no bicho coração?
desmonte confuso
um caso de estudo
e tudo era linguagem acordo
vivo não fica morto
O cool com as calças 
também era montagem

Afonso Lima

Nenhum comentário: