Páginas

terça-feira, julho 30, 2013

Segurança


Ele estava cansado das humilhações do gerente. Trabalhava em dois empregos de dia, um à noite. Aquele cara não tinha nada a ver com segurança, foi colocado lá por ser um mauricinho puxa-saco, pensava. E, um dia, o banco foi assaltado. Troca de tiros. O gerente feito refém. Ela está em carne viva, disse a médica. Meu marido está desempregado, a chuva levou um pedaço da casa, tá chovendo lá dentro, a mãe justificava. Meu marido tá sem emprego faz tempo, hematomas no seu corpo confirmavam. Ele lembra da mãe falando que "água de rato" ia matar um deles, se pelo menos soubesse ler, faltava comida e leite. Um barulho. Ele atirou no peito do gerente, que caiu. 

Licença Creative Commons
Segurança de Afonso Jr. Lima é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário: