Páginas

domingo, dezembro 01, 2013

A reconstrução


"É uma guerra e uma ou outra deve desaparecer" disse Thomas Huxley. Eles dizem que Deus é desejo de consolação. "A verdadeira guerra é entre racionalismo e superstição" - afirma um famoso cientista, que diz que "Deus é um delírio". A imprensa nos ridicularizou no julgamento do Tennesee, mas a ciência darwinista fez a guerra mais cruel que o mundo já viu, "os fortes devem sobreviver". O que chamam de ciência é a redução do mundo à quantidade. Foi a Alemanha iluminada que criou a barbárie. Então, estavam certos aqueles que diziam que o tempo é do Cristo Armado e Sangrento do Apocalípse, que a Rússia era o Poder do Norte destruidor e que o Anticristo era um pacificador como a Liga das Nações. O governo é Roma que ataca a liberdade. Somos a ciência, o Instituto de Chicago, o seminário de Princeton. Os filósofos como Hegel pretenderam atacar Deus chamando-o de tirano. Outros disseram que Alguém deu corda no relógio e depois ele andou sozinho. Alguns tentaram dizer que a Escritura era uma alegoria, que dez mil anos não são dez mil anos. Mas os geólogos acharam exatamente as camadas de catástrofes de que fala o Livro. No fim, seremos arrebatados. No fim, ou a Bíblia é fato ou não existe. E cada palavra é não apenas de Deus, mas é Deus. O senhor odeia os pobres, a maldade e a pobreza são irmãs. Dar dinheiro dos trabalhadores para os preguiçosos é criar o mal. Gays, prostitutas e adúlteros serão punidos de acordo com as leis Sagradas. A guerra é o caminho da purificação. Que venha o tempo da Revelação. 

(Afonso Lima)

Nenhum comentário: