Páginas

domingo, março 20, 2016

NYT, o grão de areia e a corrupção estrutural

É interessante notar como os gringos têm dificuldade em entender a complexidade e especificidade da política brasileira - o NYT diz que os argumentos de Dilma para sobre o documento da posse de Lula como ministro são ridículos.

Nossa democracia não chegou ao ponto de que o controle social tenha se efetivado e a lei valha para todos. Nosso Parlamento simplesmente não representa a maioria, mas minorias de grande poder econômico. 

a) o que ocorre está dentro de um contexto de mais de uma década de distribuição de renda. O plano de Dilma de incentivar o capitalismo ajudando as indústrias falhou; agora eles ajudam no golpe. (A disseminação irresponsável de suspeitas de corrupção enfraqueceu o PT - seu partido de base (PMDB, composto de feudos) afiou as unhas e desistiu de um projeto de distribuição de renda (com raras exceções); venda a Petrobrás e nós seguramos (ou não) o impeachment, com ou sem fundamento). 

b) A corrupção do sistema partidário é maior que o PT e não temos dúvida de que cada município pode esconder muito. Não se pode admitir tamanha omissão dos agentes da lei. 

c) estamos num momento de insegurança jurídica e de partidarização do judiciário. 
A ver:

2012 - Cunha recuou, por exemplo, nas sugestões de indiciamento de cinco jornalistas e no pedido de investigação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel (Carta Capital) 
2013 - Procurador entra com ação contra chefe do MPF alegando prevaricação ao engavetar inquérito da Operação Vegas, cujos desdobramentos levam à prisão de Carlinhos Cachoeira (Carta Capital) 

20/3 - O nível de fanatização cresce. Nas redes, ódio e mais ódio. Houve sedes de sindicatos e partidos de esquerda atacados. Sintomático que um comentário em grupo de FB apresenta erros grosseiros como "vau", ao invés de "vão", mas tem muitos outros.


Rubens Kiko Vc deve ser beneficiado dos bolsa família e outras tretas deste governo de merda  Tu só podia ser uma bichinha vinda do teatro com mente comunista 
Vai trabalhar como as pessoas dignas o fazem


Esse fanatismo surge também da invasão permanente da mídia, sem pluralidade, quase sem regulação. 
Lembro:
- 1982 - Escândalo Proconsult - “O verdadeiro fiasco em que se envolveu a Rede Globo de Televisão durante a fase inicial das apurações no Rio de Janeiro torna ainda mais presentes as inquietações quanto ao papel da chamada mídia eletrônica no Brasil […]. Houve uma tentativa grave e inédita, posta a efeito pela maior cadeia de TV do país, no sentido de turvar o resultado das apurações e enfraquecer politicamente o candidato da oposição pedetista ao governo fluminense” (Folha de S. Paulo, 1982).
http://www.viomundo.com.br/denuncias/o-fim-do-jb-nas-bancas-relembrando-a-batalha-de-1982.html


Um amigo me comenta algo interessante. Sua mãe, mulher "simples", lhe disse: "Estão querendo prender o Lula por uma casa de pobre que dizem que pagou em três vezes? O preço é o mesmo das casas aqui no bairro".
É a sensação de muita gente. 

O STF já engavetou coisa maior. 

- STF engaveta denúncia contra Renan há 3 anos

O lobista de uma grande empreiteira (Mendes Junior) entregava à jornalista Mônica Veloso, em dinheiro vivo, recursos para custear a pensão da filha que tivera com o senador, num relacionamento extraconjugal. 
http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2016/01/22/stf-engaveta-denuncia-contra-renan-ha-3-anos/

- Segundo Ferreira Júlio, o objetivo do esquema ia além dos contratos com o governo de São Paulo. Em um dos grampos, o lobista diz que o deputado Baleia Rossi queria ser ministro da Agricultura. A nomeação seria como ganhar na loteria: “Podem fazer muita coisa”.

http://www.cartacapital.com.br/revista/889/merendao-tipo-exportacao

Cada dia mais visível a inconformidade com uma eleição inconveniente para o sistema financiado pelo poder econômico. 

- Toda a crise atual, em parte verdadeira e em parte fabricada, decorre da revolta conservadora devido ao fato de a Presidenta Dilma ter cometido dois “pecados mortais” à luz dos interesses do “mercado”... e seus representantes na mídia, no Congresso, no Judiciário. O primeiro “pecado” foi a redução, ainda que temporária, das taxas de juros; o segundo “pecado” foi o apoio, ainda que tímido, à democratização dos meios de comunicação.
http://cartamaior.com.br/?%2FEditoria%2FPolitica%2FImpeachment-golpe-de-Estado-e-ditadura-de-mercado-%2F4%2F33003

Fica pior, porque muitas ações foram tomadas nos governos Lula e Dilma para ampliar a autonomia da Polícia Federal, aumentar a transparência... 

- As medidas do governo Lula para enfrentar a corrupção tiveram início em 2003, com aprovação da Lei 10.683/2003, que criou a Controladoria Geral da União (CGU) e, em seguida, em 2004, a criação do Portal da Transparência. Em 2005, foi regulamentado o pregão eletrônico e em 2008 foi criado o Cadastro de Empresas Inidôneas (CEIS). Ao longo dos últimos dez anos muitas outras leis, decretos, portarias, foram instituídas. Em 2012 foi aprovada a Lei de Acesso à Informação. 

http://cartamaior.com.br/?%2FOpiniao%2FCombate-a-Corrupcao-nos-Governos-Lula-e-Dilma%2F30283 


E pior, porque muitos parlamentares da comissão de impeachment estão sendo investigados pela lava Jato.

Será o impeachment na Câmara uma forma de barrar investigações?


- Maioria da comissão do impeachment recebeu doações de empresas da Lava Jato

Segundo as prestações de contas entregues ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), foram R$ 8,9 milhões doados aos candidatos à Câmara ou a diretórios dos partidos que repassaram a campanha do parlamentar. Em valores atualizados, esse valor chega R$ 10 milhões.
http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/03/18/maioria-da-comissao-do-impeachment-recebeu-doacoes-de-empresas-da-lava-jato.htm 


O ex-governador Brizola disse em entrevista a Jô Soares uma vez que o que a TV fazia era focar num grão de areia numa praia. A corrupção mais perigosa para mim é a que destrói os países acabando com o investimento (em SP, a "oposição" do PSDB, que brinca de "perdi, não brinco" e parece pronta incendiar o país com a crise, investe 0,46 % do orçamento em cultura, e isso foi reduzido esse ano), entrando num sistema de dívida que remunera apenas juros, que acaba com a educação e cria castas de trabalhadores com salários baixos. É a corrupção estrutural.

Afonso Lima

http://hqdapaz.blogspot.com.br/



Nenhum comentário: