Páginas

domingo, dezembro 25, 2016

o tempo

Na Pérsia, o rapaz viu os soldados do Imperador o assassinarem.
O Império era o puro caos. Somente as ideias o podiam organizar, libertar e regenerar. No sul da Itália, diziam que em todas as coisas existe um número.
Quando Plotino morreu, seu discípulo organizou suas anotações. Sua seita pitagórica afirmava que alguns homens precisavam apenas observar, sem comprar e vender e sem competição; outras crenças diziam que comer carne e fazer sexo eram um nocivo misturar-se com a matéria, com o mundo mau criado pelo deus inferior Javé.
Os godos invadiram Roma e o santo do deserto sírio escreveu cartas sobre a virtude da resignação.
Atormentado pelos erros, sua mãe cristã, um jovem se batiza em 387.
- O tempo só existe na mente, num ser criado, dizia o jovem. Deus criou o tempo. Deus não é o mundo, está fora dele. No princípio Deus criou o céu do céu, onde a inteligência conhece simultaneamente, sem a sequência temporal, e a terra que é invisível e informe, atemporal. Um bem inferior é ainda um bem. Os que pensam que Deus se difunde pelos espaços infinitos como matéria não entendem que Tu contém as coisas como verdade. A perversão da vontade é o mal.
Mil anos no pórtico da catedral: "Compreender para crer e crer para compreender".

Afonso Lima

Nenhum comentário: