Páginas

sexta-feira, junho 30, 2006

Propaganda 18 Brumário

Imagine se um médico fosse presidente do Brasil. Médico! MÉDICO!
Imagine se, chegando a Paris, pois afinal é aonde a maioria dos Brasileiros vão no Natal, você puder dizer: O meu país não é governado por um simples cidadão, não, não, não, é governado por um MÉDICO! Não precisaremos mais ouvir, como hoje eu ouvi na padaria, “no Brasil até analfabeto é presidente!” Além disso, um homem que conhece cada bairro desse imenso país, que esteve ao lado dos trabalhadores toda sua vida!

Que até as pobres senhoras sem dentes aprenderam a chamar pelo prenome! Um MÉDICO! (Havia um outro que dizia, antes de tudo, eu sou economista, mas não tinha essa simpatia toda, esse jeito de falar com favelados, essa franqueza, esse ataque, esse sorriso!)

E além disso ... vê o cidadão como consumidor! Sim, o mais básico dos direitos humanos, o mais importante dos códigos, o único, mas fundamental projeto de uma vida que começa aos 23 anos, um gênio da política! Um doutor, afinal. Até comida de salsicha e arroz ele fez, tudo isso por 1 real! Ah, que país maravilhoso, onde até um médico, essa figura dourada, tem o direito de servir!

Nenhum comentário: