Páginas

segunda-feira, novembro 30, 2015

Duplos

Ele dorme. Derruba a jarra de água.
Uma caravana chega a uma torre no deseto.
Seja bem-vindo, amigo.
Somos chamados de o inimigo interno. Até inventaram histórias macabras em que sacrificamos crianças.
Somos os três filhos de Abraão. Eles dizem que somos essencialmente violentos, mas foram eles que derramaram sangue em nossa terra. Se formos maus, eles podem nos roubar.
Acolha-nos, somos perseguidos. Eles estão na escuridão, são miseráveis, e agora desejam tomar o mundo superior imaginando-se os escolhidos.
Assim como os judeus que viram o Trono de Deus, o Poeta, na Noite, encontrou os profetas anteriores e foi abençoado para dar a mesma mensagem às tribos que nunca haviam tido um profeta.
Deus abençoe a Recitação e as riquezas do califado.
A jarra de água cai no chão sobre o tapete.

Afonso Lima

Nenhum comentário: