Páginas

quarta-feira, janeiro 13, 2016

Repressão


Vocês sabem todas as respostas
Mesmo assim, não chegarão ao lugar certo
Essas ruas são para circular
Cada cartão de crédito é único
Cada carro, cada família e o conforto que compra

Temos uma plano de terror, nessa fábrica
Vocês serão cortados, calculados, reconstruídos
É a ilha do medo e vocês serão muito felizes

O olhar perdido, o voar no azul
A face no livro, a tentação do antigo
A corrida pela imobilidade, a liberdade de refletir
Serão esquecidas

Cada um deve pagar a conta em dia
Não olhem o horror, não olhem nos olhos uns dos outros
Cada um deve pagar pelas gotas de chuva
A vida toda é medida e o infinito está morto

Se vocês abrirem as asas, se vocês criarem coisas
Se vocês forem estranhos, se vocês contrariarem seus pais
Se vocês ficarem juntos
vão comparar pedaços de verdade
e serão fortes

Afonso Lima



Nenhum comentário: